Notícias

Jogadores do CAP visitaram Hospital do Câncer

14/03/2018 às 14:39

Uma iniciativa do capitão do Clube Atlético Patrocinense, Diego Borges, levou nesta terça-feira (13), vários jogadores até o Hospital do Câncer de Patrocínio, onde eles puderam conhecer a instituição e saber um pouco mais sobre a luta pela vida de pacientes que estão em tratamento quimioterápico. Houve, inclusive, uma sessão de fotos com os pacientes.

Diego Borges, que esteve ao lado do atacante Ademir recentemente no Hospital, quando foi lançada a campanha do clube que estará na próxima segunda-feira (19), repassando o montante de pouco mais de 30 mil reais referente aos R$ 5,00 de cada ingresso comprados para o jogo diante do Cruzeiro no último domingo, disse que ficou impactado com a realidade que vivia o hospital e com o número de atendimentos que era feito de forma gratuita e então conversou com o grupo para que fosse feita a visita. “Então, isso aqui não tem preço. A gente vê o quanto as pessoas necessitam dos outros e desde já convoco a todos, que se possível colaborar com o mínimo, pode se dizer uma coisa, todo mundo aqui vai sair vitorioso”, disse o zagueiro.

Durante o agradecimento feito pelo presidente do Hospital do Câncer, Thiago Miranda de Oliveira, o volante Leomir se emocionou muito. Ele justificou o momento dizendo que em muitos momentos as pessoas reclamam de diversas situações, enquanto muitas lutam pela vida. Leomir ressaltou que o grupo se sensibilizou com o que foi passado pelo companheiro Diego Borges e todos se propuseram em ir até o Hospital para dar um abraço e mostrar que a torcida para que esses pacientes continuem lutando pela vida é grande. “Minha vó faleceu com câncer há poucos anos e é uma dor muito grande. Tem que ter muita força para lutar contra essa doença”, destacou.

Thiago Miranda agradeceu a força do grupo do CAP e disse ter percebido que os pacientes ficaram felizes com a presença dos atletas. “O CAP hoje é a nossa grande paixão, a nossa referência. Em todo o Brasil a gente vê falando no CAP e estamos muito felizes em receber os jogadores aqui, nessa questão de humanidade”, comemorou.

 

 

 

 

 

 

 

Renato Oliveira/Difusora 95