Notícias

Vereador sugere redução de salários de parlamentares

13/06/2018 às 10:18

Um embate muito grande foi registrado durante a 17ª reunião ordinária da Câmara Municipal de Patrocínio, realizada nesta terça-feira (12), quando o assunto que tomou conta da noite foram as indignações dos vereadores que tiveram familiares afastados por conta das denúncias feitas por José de Arimateia Neves, de possíveis casos de nepotismo e que fizeram com que, na semana passada, o prefeito Deiró Marra exonerasse várias pessoas que estavam trabalhando em áreas da administração municipal.

A maioria dos vereadores que tiveram algum parente exonerado fez uso do Grande Expediente nesta terça-feira, onde vários disseram que não precisam do salário do Legislativo Municipal, no valor de R$ 7.853,59, por exercerem outras funções fora da Câmara.

Já no final da sessão ordinária, o vereador José de Arimateia Neves disse que vai fazer um Projeto de Lei, sugerindo que o salário dos vereadores sejam reduzidos e que ganhem o mesmo salário de um professor nível 1, que é menor que pouco mais de R$ 2.000,00, a exemplo do que acontece em muitas Câmaras de Vereadores pelo Brasil.

“Aliás, aqui, todo mundo está por amor a Deus e não sei o que, vocação. Nós estamos sendo bem pagos. E eu já quero adiantar a vocês e aproveitar a fala da Marcilene e do Valtinho de que eles trabalham só por amor. Então por amor eu já vou adiantar para vocês que eu vou fazer um projeto para rebaixar os salários dos vereadores para ganhar o mesmo tanto que um professor nível 1”, disse Arimateia.

Dr. Ari ainda espera que o Projeto seja aprovado: “Vamos ver se eles confirmam tudo o que falam ou se é só da boca pra fora. A população vai ficar sabendo, porque eu não vou voltar atrás, eu tenho palavra e vamos ver se eles tem também? Isso aí é um exemplo que eles tem que dar”.

 

Renato Oliveira/Difusora 95