Notícias

Fórum da Comarca de Patrocínio passa a seguir portaria estadual que permite reabertura de forma gradual dos trabalhos a partir de agosto

30/07/2020 às 08:53

A partir do mês de agosto, o Fórum da Comarca de Patrocínio seguirá uma portaria emitida pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais em que permite a reabertura de forma gradual dos trabalhos realizados nos fóruns de todo o estado.
O diretor administrativo do Fórum de Patrocínio, Valdir Ferreira das Neves, explicou em entrevista à reportagem da Difusora 95 sobre a portaria n° 1.025 do dia 13 de julho da presidência do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais.

“Sobre o plano de retomada gradual das atividades do judiciário em todo o estado de Minas Gerais, logo no Artigo 1° da portaria diz que ficam prorrogadas, enquanto perdurar a situação de pandemia, as medidas e normas para prevenção ao contágio pelo novo coronavírus no âmbito do poder judiciário do estado de Minas Gerais. E no mesmo artigo em seu Parágrafo 1°, mantém os prazos dos processos que tramitam em meio físico suspensos”, disse Valdir .

A partir do dia 3 até 31 de agosto de 2020, os advogados que representam a parte autora nos processos poderão enviar um email para as secretarias judiciais do fórum da comarca para solicitar a virtualização dos seus processos com competência de família, ou seja, tornar esses processos eletrônicos. Em seguida, esse advogado se dirige ao fórum, leva o processo para o seu escritório, faz a digitalização do processo, e a juntada de todas essas peças no processo eletrônico.

Esta corresponde à primeira fase do plano de virtualização. Depois seguirá um cronograma a ser cumprido entre os meses de setembro a novembro de 2020, tendo o dígito do processo como o critério para cada período. Concluindo então essa retomada gradual de atividade e o atendimento presencial com a finalidade específica para os usuários externos que tiverem solicitado a virtualização de processos e necessitarem de fazer carga dos autos.

No geral, as atividades e o atendimento presencial no fórum continuam suspensos e segue com a escala de servidores trabalhando para atender situações urgentes que não podem ser resolvidas por meio eletrônico.

Texto: Cristiane Andrade/ Grupo Difusora
Reportagem: Nilton César/ Difusora 95