Notícias

Médico recomenda cuidados com a saúde em período mais quente

13/09/2021 às 10:00

A intensa onde de calor que passa por Minas Gerais, com recorde histórico de temperaturas em várias cidades, aliada ao tempo seco, está exigindo cuidados mais intensos com a saúde. O médico clínico geral de Patrocínio, Dr. Cristian Andrade Garcia, em entrevista à reportagem da Difusora 95 FM, contou quais as recomendações médicas para lidar com o calor.

Algumas doenças crônicas, como miastemia, enxaqueca, insuficiência renal, insuficiência cardíaca e hipertensão arterial podem sofrer crises intensificadas durante o período mais quente, por isso tomar alguns cuidados ao se expor ao sol e ao se alimentar são fundamentais.

“Evite exposição solar e a prática de exercício físico no período compreendido entre 10h e 16h. Durante esse período além de uma maior exposição aos raios ultravioleta, você também tem um risco aumentado de apresentar queimadura solar com formação de bolhas”, afirmou o médico.

A alimentação também é um fator que ajuda a lidar com a temperatura elevada, principalmente aumentando o consumo de água para não correr o risco de sofrer uma desidratação. “Chás, sucos, saladas de frutas também podem ajudar. Devemos dar preferência a alimentos mais leves, alimentos in natura. Alguns alimentos que são processados, com altas temperaturas, podem ser mais propícios à criação de germes, que podem causar intoxicação alimentar”, explicou Cristian.

Além disso, os riscos para o contágio da COVID-19 ainda estão presentes, principalmente porque no calor, as pessoas tendem a aumentar a interação social. “Devemos dar preferência para ambientes arejados e manter também os cuidados contra o coronavírus, o uso de máscara e de preferência o distanciamento social”, recomendou o médico.

 

Texto: Thais Busqueiro/Grupo Difusora

Reportagem: Erasmo Cláudio/Difusora 95